segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Saudades Tricolor!


Essa é aquela época do ano em que muita coisa besta me irrita quando o assunto é futebol.
Ligo a TV na ESPN ou no Sportv e tudo de mais emocionante que passa é a reprise da final do campeonato catarinense ou, no máximo, a retrospectiva com os melhores momentos da temporada do surf. Ou seja: nada!
Os cretinos dos comentaristas de futebol estão se banhando em alguma praia por aí, admirando formosos traseiros femininos enquanto suas mulheres rechonchudas passam protetor solar no filinho, que, por sua vez, cisma em não parar quieto. Posso até imaginar a mulher com um sorriso enfadonho no rosto tentando acalmar a peste, a areia se grudando ao creme até se transformar numa pasta que pinica. O resultado é óbvio: é igual a um menino choroso, prestes a ligar o berreiro em plena Pintangueiras lotada.
Mas, tudo bem, nada disso abala a concentração do nosso comentarista. Ele faz questão de analisar cada centímetro, cada detalhe da morena escultural a sua frente, como se quisesse gravar a imagem na retina.
Tá certo ele! O que dá raiva é ter que trabalhar segunda sem nada de útil para comentar no dia seguinte.

O inferno é que meus dias, tão organizados com a temporada do futebol, parecem perder a seqüência harmoniosa. As quartas-feiras à noite já perduram por horas. Chegam 22 horas e nada. O horário de almoço então? Não há nenhum programa discutindo a imbecilidade do árbitro louco, ou passando gols, entrevistas e tudo mais. Quanto ao domingos, não vou tecer comentário algum. Simplesmente duram anos e não têm sentido nenhum.
Inter-temporada de futebol me irrita. Ainda mais a deste ano. A diretoria do Tricolor do Morumbi continua a deixar os melhores jogadores pros adversários – simplesmente cretino ter desistido do Montillo. Ainda por cima, tenho que ficar agüentando os amigos gambás relembrando que ergueram o troféu de campeão brasileiro e que vão jogar a Libertadores em 2012. Sério, parabéns, vocês mereceram, mas chega! Todo mundo sabe que foi roubado. É sempre assim. Nem sei por que comemoram.

No fim, acho que tudo o que eu queria dizer é: estou com saudades do futebol. Saudades de se reunir com os amigos, vestir o manto tricolor e ir no Cícero Pompeu de Toledo. De comer um pernil em uma daquelas barraquinhas de lona laranja ou azul. De brindar uma cerveja na rampa para arquibancada. De ver o gramado mais verde ao vivo do que em qualquer outro lugar. De sentir o cheiro dos rojões quando o time entra em campo. De cantar a plenos pulmões o hino, abraçado a marmanjos que sequer conheço e sequer conhecerei.
Estou com saudades de gritar gol.
Que essa temporada seja melhor que a última!
Vamos Tricolor!
Morumbi em final de Libertadores! 


Que o ano comece bem para todos, pros coxas brancas, cruzeirenses, colorados, flamenguistas, pra lusinha e, especialmente para os tricolores soberanos.
Que tudo continue como sempre foi nessa temporada de 2012, gambás sem Libertadores.


Ciao!  

2 comentários:

Danilo Picucci disse...

Ótimo texto inicial para começar a saga deste blog!

E que a pré-temporada passe logo, pois passar as semanas sem o futebol brasileiro é foda!

2 de jan de 2012 10:23:00
Unknown disse...

Parabéns pelo texto, tirando a parte do "Tricolor do Morumbi", você retratou exatamente como está sendo as minhas quartas, sábados e domingos. Sem contar, óbvio, com meu horário de almoço, que tive que trocar os programas esportivos por SPTV e programas de culinária! hahahahaha

Boa sorte com o blog seus pernas de pau!

2 de jan de 2012 14:15:00

Postar um comentário

Participe!
Deixe seu comentário!

Não serão permitidos comentários ofensivos, preconceituosos ou que contenham Spam e conteúdo impróprio.