segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Fique de Olho! - Callejon, o jovem Madridista

A série "Fique de Olho" foi criada para que fosse possível apresentar a vocês jovens talentos que estão surgindo no mundo da bola. Jogadores que estão despontando, obtendo chances como titular e mostrando serviço de qualidade. Vamos buscar analisar esses jovens e mostrar a vocês aqueles que vocês devem observar e esperar grandes coisas em jogos futuros.


Desafio Galáctico


Em um ambiente onde o jovem talento e o anonimato chega quase a ser desprezado, fica difícil crescer e desenvolver suas habilidades de forma ideal. Assim é o Real Madrid, um dos 5 clubes mais relevantes do cenário futebolístico mundial.
Apesar de uma estrutura fantástica e a possibilidade de desenvolver grandes talentos, como fazem as boas escolas de juniores do Barcelona e do Santos, a diretoria Madridista prefere investir grandes somas de dinheiro em jogadores já desenvolvidos e prontos para contribuir com o time. Os últimos jogadores relevantes do Real revelados pelo clube são, o goleiro titular, Iker Casillas e o atacante prestes a se aposentar Raúl 'Madrid' Gonzalez, hoje no futebol alemão além do recém aposentado Guti. Isso é uma merda complicado, mas não falarei disso hoje...

Neste cenário cresceram os jovens José Maria Callejón Bueno e seu irmão gêmeo Juan Miguel, ou apenas, Callejón e Juanmi, respectivamente. Ambos foram descobertos aos 5 anos de idade em um pequeno campeonato de verão realizado nas instalações do clube, e após o torneio foram convidados a se juntarem aos jovens talentos blancos. 
Finalmente pouco antes de completar 19 anos, em 2006, Callejón e seu irmão chegaram no time C do Real Madrid, e em 2007 subiram para o Castilla (nome do Time B), onde seus 21 gols em 37 jogos oficiais o credenciaram e o levaram a ter a honra de estrear, e ainda fazer um gol, pela Seleção Espanhola Sub 21, demonstrando que até os olheiros nacionais já o tinham notado.
Neste momento o salto para o time principal parecia iminente, com a seca de títulos aumentando, um elenco que não agradava nem a torcida e nem a diretoria, e o Barcelona obrigando o Bernabeu a aplaudir de pé os shows de Ronaldinho Gaúcho. Foi então que a diretoria fez o que quase sempre faz com os jogadores da sua base, repassou ambos, Callejón e Juanmi para outro time, no caso o Espanyol, rival regional do Barça. E assim começava a carreira profissional do jovem José Maria.

Já com 21 anos, Callejón levou apenas 3 meses para sair do banco e assumir a titularidade no Espanyol. O técnico do time catalão admirava o jovem e o usava em todos seus planos, ou como ponta, ou como atacante recuado. Foram 3 temporadas participando do ataque titular de seu time, exatos 97 jogos e 10 gols marcados, além de 11 assistências e a participação constante em jogadas de gol.
Mourinho, que já provou a todos que não é um tolo, após sua 1º temporada no Madrid, pediu a diretoria a volta de Callejón, agora com 24 anos, neste momento faço a especulação de que Mou tenha percebido a diferença de comprometimento entre os jogadores que vieram da base e os contratados, principalmente observando seu maior rival, o Barcelona.
Essa especulação se baseia em uma declaração dada pelo próprio:

"Callejon passou apenas 3 anos longe do Real Madrid, e sabe como é jogar aqui e também em outro time, ele valoriza estar jogando aqui mais do que outros jogadores pois cada minuto dentro de campo é importante para ele.
Alguns jogadores se incomodam em sair do banco e jogar 10 minutos apenas, ele acha fantástico fazer isso. Seus companheiros o respeitam por isso, eu admiro sua mentalidade, e ele é sem dúvida, um jogador para o Real Madrid."


Mourinho de fato provaria realmente gostar do jovem, pois em um time cheio de estrelas, e sofrendo pressão por títulos que não vêm há anos, o jogador já recebeu diversas oportunidades. Já foram 8 jogos como titular, e mais 9 em que entrou no decorrer da partida. E Callejón não decepcionou seu treinador, e nem seu crescente grupo de fãs madridistas, já marcou incríveis 10 gols, sendo 4 deles na sempre complicada Liga dos Campeões.

Futuro ídolo ou apenas uma promessa?

A torcida tem seus motivos para começar a criar uma identidade com o jovem camisa 21, as semelhanças com seu maior ídolo, Raúl Gonzalez, são grandes. Callejón não tem perdoado nada, tem faro de matador e desperdiça poucas chances de frente para o gol, é bastante ágil e consegue jogar aberto pelos 2 lados do campo, possui também uma média de passes certos acima de 80% e comete poucas faltas, apesar de brigar sempre pela bola. Uma curiosidade, o jovem as vezes comemora seus gols como outro ídolo de Madrid, Ronaldo Fenômeno, balançando seu polegar a frente do rosto.

Callejón vem surpreendendo a todos agora que obteve a chance de sua vida e, parece disposto a não deixá-la escapar. A torcida está pronta e ansiosa para ter um novo ídolo formado em casa, basta que o jogador continue marcando e a torcida o amará.

Creio que podemos esperar bons momentos de futebol desse jovem, que não se tornará um Messi, mas tem tudo para ser o novo Raul em seus dias de glória.

6 comentários:

Gustavo Biglia disse...

Boa aposta do Real, mas como ainda não é estrela vai ser dificil de despontar...
Um empréstimo para outro grande com uma volta por cima é uma boa pedida!

9 de fev de 2012 14:44:00
Danilo Picucci disse...

O Raul também não era estrela e nem o Guti, quando apareceram, mas a torcida gostava dos caras, foi suficiente.
O Callejón não tem qualidades de um craque, mas sim de um jogador eficiente, se ele conquistar definitivamente a torcida do Real vai acabar virando o queridinho da galera.
Agora se ele desperdiçar a chance de estar entrando em diversos jogos e for emprestado, vai acabar sumindo e acabar no Numancia....

9 de fev de 2012 15:19:00
Fábio Sousa disse...

Um dos avançados mais promissores de Espanha saíu do Real Madrid e está no Benfica chama-se Rodrigo. Estejam atentos a este jovem que vai dar muito que falar se não se estragar.

14 de fev de 2012 12:11:00
Danilo Picucci disse...

Rodrigo Moreno?
Estou de olho no garoto, em breve falaremos dele por aqui! ;)

14 de fev de 2012 17:59:00
RodrigoR disse...

Bom jogador o Calejon hein.
Só teve um jogo que não gostei muito da sua atuação, que foi no jogo de ida da Champions (CSKA x Real), que se ele tivesse sido mais solidário o Real teria ganho o jogo com certeza.

Adorei o "Fique de Olho", tem bastante talentos aparecendo por ai.
Na Espanha, Alemanha e Inglaterra tem bastante jovens talentos, que alias, já são titulares em seus clubes. Na liga holandesa (menos paparicada) tambem estão surgindo, Maher (AZ), Guidetti (Feyenoord/M.City) e até mesmo aqui na América do Sul (Erik Flores, Gonzaço Bueno, Lucas Ocampos). Sei que vocês estão de olho, vou ficar de olho por aqui tambem.

Parabéns pelo Blog
Abraço

13 de mar de 2012 14:18:00
Danilo Picucci disse...

Realmente neste jogo da Champions o Callejon não estava bem, mas também o time não ajudou né? rs

A idéia do Fique de Olho é exatamente essa!
Quem sabe daqui a alguns anos a gente não pode se gabar de ter falado de um talento que virou melhor do mundo? ;)

Valeu pelo apoio, aparece sempre!
Abraços

13 de mar de 2012 15:47:00

Postar um comentário

Participe!
Deixe seu comentário!

Não serão permitidos comentários ofensivos, preconceituosos ou que contenham Spam e conteúdo impróprio.