quinta-feira, 10 de maio de 2012

Liga Europa - Batalha entre experiência e juventude

Caros boleiros,

Título merecido
Ontem tivemos a definição da Liga Europa, o 2º torneio continental mais importante da Europa e provavelmente o 3º do Mundo, só perdendo para as grandes Liga dos Campeões e a Libertadores da América. Disputado na cidade de Bucareste, Roménia!

A competição é bastante forte, geralmente com um punhado de times grandes que não conseguiram chegar na irmã maior, mas nem por isso é menos disputada, os times consideram um grande prestígio conquistar essa taça, repleta de glória e história herdada da antiga Taça da UEFA, bem ao contrário do que ocorre com a nossa Sulamericana, competição que acaba desprestigiada por ter um formato ainda estranho aos clubes.

A final foi disputada por 2 times espanhóis, Athletic de Bilbao e Atlético de Madrid, curiosamente dois times irmãos, que no início do século passado era na verdade 1 único time, mais tarde por divergências políticas, alguns dissidentes decidiram se separar e fundar o time de Madrid, na capital espanhola.

O Bilbao veio como grande sensação dessa competição, com um time novo e inexperiente, vimos uma sequência de jogos excelentes, inclusive eliminando o poderoso Manchester United nas oitavas de finais. Com a chegada de Bielsa no comando do time presenciamos uma revolução no modo de jogar e uma evolução enorme do elenco do Athletic, que tem o jovem atacante matador Fernando Llorente como seu principal destaque, além de alguns outros jovens talentos, como o habilidoso Iker Muniain e o competente Javi Martinez.

Diego se reencontrou com a bola!
Enquanto isso o Madrid, campeão da Liga Europa em 10/11, veio calejado para a competição, com o antigo ídolo argentino Diego Simeone no comando, e um elenco mais balanceado entre experiência e juventude. Seu estilo de jogo é bastante versátil, e jogo apos jogo, vimos um Atlético que se adaptava ao modo de jogar do adversário e sempre buscou anular as principais armas dos times que enfrentava, e obteve sucesso em todos os jogos, foram 12 jogos na fase de mata mata, e 12 impressionantes vitórias, tanto em casa quanto fora. Seus principais destaques foram o monstro Falcão Garcia, que havia levado o Porto ao título no ano anterior e esse ano repetiu a dose, além do conhecido brasileiro Diego, ex-Santos, que foi o rei das assistências da competição.

O que vimos em campo foi um Bilbao tentando exercer o seu jogo costumeiro e o Madrid simplesmente anulando todas as jogadas, logo de cara, aos 6 minutos de jogo, Falcão em um contra ataque rápido pela direita acertou um belo chute e matou o adversário, que teve que ir pro ataque o jogo todo. Dessa forma o Madrid apenas cercou o adversário, anulou suas jogadas e seus jogadores e aguardou as oportunidades para liquidar o confronto, que terminou em um 3x0, com o time basco bastante frustrado por não ter conseguido corresponder as expectativas.
Bilbao em dificuldades com Falcão Garcia
Creio que o que pesou mais nesse jogo foi a experiência, enquanto o Bilbao jogava nervoso, errava bastante e não conseguia penetrar na área adversária, o Madrid fazia seu jogo, tocava bem a bola, marcava bem os adversários e na hora de decidir, Falcão estava lá, com uma tranquilidade enorme para marcar 2 gols de extrema categoria na 2ª final mais importante do continente e da sua carreira, e terminar pelo 2º ano consecutivo como artilheiro da competição.

Ao Athletic de Bilbao restou a lição e o ganho de experiência proporcionado aos seus jovens talentos, que devem crescer de produção na próxima temporada e se colocarem como candidatos a uma vaga na Liga dos Campeões.
Ao Madrid, a glória pela 2ª vez, e o retorno, quem sabe, ao posto de 3º melhor time espanhol, sempre atrás dos poderosos Barcelona e seus rivais, o Real Madrid.

2 comentários:

RodrigoR disse...

E que jogaço !!!

Concordo com você, faltou um pouco de experiência sim, e também um pouco de sorte. Mesmo com 3 x 0 pro Madrid o Bilbao continuava atacando, a zaga do Madrid tirando todas e quando passava Courtois pegava.

Foi uma partida sem erros por parte do Madrid, e meu, Falcão joga demais uhsauashu xD

O Bilbao tem um bom time, e já tem muitas sondagens de jogadores,vai ser díficil, mas espero que eles possam manter essa base por mais um tempinho para vermos até onde vai esse time.

Parabéns pela matéria
Abraço

10 de mai de 2012 11:28:00
Danilo Picucci disse...

De fato vários jogadores do Bilbao estão sendo sondados para serem comprados....

Espero que o time se mantenha, a experiência ganha nessa temporada vai pesar muito na próxima!

Valeu, abraços!

14 de mai de 2012 15:47:00

Postar um comentário

Participe!
Deixe seu comentário!

Não serão permitidos comentários ofensivos, preconceituosos ou que contenham Spam e conteúdo impróprio.